As cinco árvores

Quatro árvores estão peladas
no meu quintal.
Sorrindo, balançam na chuva pesada.
O vento é música e
a natureza quis dançar despida.

Crescente a cada gota é minha inveja
desta nua e sem embaraço
liberdade de ser. Ganha tronco,
fruto, folha e flor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s